Eu quis que ele não soubesse meu nome, depois quis ter o dele logo depois do meu. Eu quis que ninguém soubesse de tamanha traição. Depois quis gritar na janela como o proibido era sopro no meu coração. Eu quis sentir o poder de abalar com a vida dele. Depois quis que ele voltasse direitinho pra casa e esquecesse que existe a fraqueza. Eu quis ele por uma aventura, uma risada, uma distração. Depois quis o colo dele para sempre.

Tati Bernardi.   (via teleportear)

E quando eu decidi ir, não foi por que eu não gostava mais de você, nem por que eu não estava mais aguentando suas crises. Eu decidir ir pra te poupar de cada decepção, te poupar de cada momento sofrido que você iria passar se estivesse junto a mim. Porque eu queria te ver bem. Com ou sem mim. Te ver bem, só isso.

Laura Mello.      (via nobroke)